(62) 3626-1229

Banda larga chegou a 36,7% dos domicílios

Distrito Federal tem a maior quantidade de domicílios com acesso à internet fixa, com 65,28%, enquanto o Maranhão tem apenas 9,73%

banda larga

BRASÍLIA – O Brasil contava com 24,285 milhões de acessos de banda larga fixa ao final de fevereiro de 2015. Isso significa que, no segundo mês deste ano, o Serviço de Comunicação Multimídia (SCM) estava presente em 36,77% dos domicílios do País. Os dados foram apresentados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) nesta quinta-feira, 26.

O Estado de São Paulo apresentou a maior base em fevereiro, com 8,960 milhões de acessos, representando presença do serviço em 61,10% dos domicílios paulistas. A maior densidade foi apurada no Distrito Federal, onde 65,28% dos domicílios tinham acesso à banda larga fixa no final do mês passado. A base brasiliense era de 606 mil acessos no fim de fevereiro. A menor densidade foi registrada no Maranhão, onde 9,73% dos domicílios têm acesso ao serviço e a base era de 181 mil acessos.

Na divisão de mercado, a liderança ficou com o grupo Telmex (Claro/Embratel/NET), com 7,653 milhões de acessos (fatia de 31,51% do total). O segundo lugar foi ocupado pela Oi, com 6,525 milhões de acessos (26,87%). A terceira posição ficou com a Telefônica, com 4,090 milhões de acessos (16,85%). A Anatel ressalta que esses números refletem os dados disponíveis em 25 de março de 2015 e podem sofrer alterações.